terça-feira, 2 de abril de 2013

A Hospedeira - The Host - Crítica e curiosidades




Nota: 9,0


  •   Depois de ver tantos Blockbusters de altíssimo orçamento e clichês mil é muito agradável assistir um filme como ''A Hospedeira'' . Uma história original ,que te deixa no suspense até o ultimo momento.

Primeiro de tudo:  Abra sua mente ! Deixe seus preconceitos de lado por favor!

1- É um filme baseado na autora da saga Crepúsculo -Vou odiar! ...Será?
2- O elenco principal são jovens bonitinhos - E dai? Sempre tem que ser trogloditas , gostosonas ou a nata de Hollywood , deixem os atores novos terem uma chance!
3- A produção é barata  (40 milhões de dólares  - E dai novamente, não aguento mais filmes que confundem a cabeça de tantos efeitos! Viva  um pouco de simplicidade !

Baseado nesses 3 preconceitos quebrados , vou fazer minha critica.




 Se você é desses que  espera ver  explosões e naves espaciais em filmes de alienigenas,esqueça!  aqui voce encontrará um drama/sci-fi soft, dirigido ao grande publico e não só ao publico teen.
 A história é sobre uma invasão alienígena onde os seres parasitas (Almas) tomam os corpos e as mentes dos humanos 'hosts'', mas sem cenas horripilantes do  tipo ''Invasores de corpos'' ok!
 Quando a  invasão está quase completa eles capturam Melanie ( Saoirse Ronan), um dos poucos seres humanos  ainda livres e uma alienígena chamada Pelegrina toma seu corpo.Melanie permanece consciente e começa a lutar contra a dominação.
Mas aos poucos Pelegrina ,que era uma ''Alma boa'' ,se compadece da existência de Melanie e resolve ajuda-la a reencontrar sua família,que esta escondida dos alienigenas. Claro alienígenas  Claro que ela é perseguida fortemente por uma vilã...e claro tem um ''retângulo amoroso'' mas faz parte...é um romance sci- fi lembra?Portante ter romance como centro é esperado.



 As Almas ,como se designam os alienígenas são originalmente boas,são alienígenas que viajam a galaxia e se '' hospedam temporariamente'' de um novo tipo de vida, não machucam e tentam salvar o planeta da destruição,mas mesmo assim é claro que ninguem quer morrer e ser conquistado!  E ai vem a parte filosófica do filme .Os alienígenas também não tinham vivido sentimentos tão profundos como os dos humanos o que faz muitos deles reverem o conceito da dominação.
A heroína Pelegrina , conquista a todos, Saorsie tem uma atuação contida mas comovente.O resto do elenco é bom ,esforçado, não estraga o filme.
Minha filha leu o livro,e gostou do filme,disse ser fiel no conteúdo como um todo, mas que poderia ir mais fundo nas conversas de Pelegrina sobre suas vidas em outros planetas ,que no filme é apenas citado e no livro é uma parte rica e interessante,e também mostrado mais o sofrimento da alienígena antes de ser aceita.Foi muito atenuado.Vale a pena ler o livro de mais de 500 paginas!
O diretor Niccol é conhecido por dirigir Gattaca , O Senhor da Guerra e foi  indicado  ao Oscar por seu roteiro para O Show de Truman. Da para perceber a maneira tênue e sensível que aplica ao filme.
Achei que o visual foi meio fraco,podiam ter feito tudo parecer mais futurista,as paisagens desérticas apesar de bonitas dão um ar de filme B .A utilização do clean ,muito prata e branco acaba por empobrecer o visual. Estilo Gatacca e A Ilha




Também pondero que podiam ter mostrado mais sobre a resistência dos humanos,talvez teria tido mais apelo com as pessoas que querem aventura.
 Porem ,sempre observo as reações das pessoas no cinema ,o que eu vi eram pessoas satisfeitas com o filme, visivelmente emocionadas, como eu e minha filha quando saímos do cinema
Vale a pena ver!



                     Curiosidades sobre o filme



  •    Eva Green, Hayley Atwell e Claire Danes recusaram o papel do buscadora.
  •    Shiloh Fernandez, Liam Hemsworth, Kit Harington, Jai Courtney e Wilson Bethel fizeram o teste para o  papel principal masculino, Jared. Max Irons foi mais tarde escolhido
  • Stephenie Meyer resistiu à escolha de Ronan porque a achou jovem demais para interpretar a personagem; contudo, após vê-la no filme de ação Hanna, a escritora se convenceu de que Ronan era suficientemente madura para o papel.

Um comentário:

Wladimir Cercassin disse...

Correto, gostei muito do filme, não pelos efeitos especiais,(como Independence Day) nem pelo elenco do filme (como os Mercenários), nem tanto pela historia narrativa. Mas sim pelo seu conteúdo e pela mensagem que o filme trás.
O Filme The Host "A Hospedeira", traz uma mensagem positiva, otimista, de luta pela vida, de respeito aos seus ideais, de um amor verdadeiro que transcende obstáculos e principalmente da consciência de ser.. humano.
Vale a pena ver!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...